Contato Inicial
Últimas
Modos de Ver
Comentando
Lendo e Analisando
Entrevistas
Estudando o Evangelho
Arquivo Pernambucano
Reflexões de um Médium Espírita
Aconteceu no Mundo Espiritual
Espiritismo em Movimento
Fale Conosco
 
1 - RÁDIO INTEGRAÇÃO-JABOATÃO DOS GUARARAPES
2 - FEB-FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA
3 - ESPIRITISMO LIVRE
 
Livro dos Espíritos
 
Alcioli Galdino
(81) 3252-5095
 
 
 
“FUNDAÇÃO EMMANUEL” - I
 

Livro: “Fundação Emmanuel”.
Autor: Carlos Bacelli.
Autor espiritual: Dr. Inácio Ferreira.
Análise: José Passini

Ao tecermos estes comentários sobre o livro “Fundação Emmanuel”, não nos move outro propósito além daquele de promover uma discussão sadia, a fim de que possam ser esclarecidos pontos um tanto obscuros e outros que não nos pa-receram consentâneos com a Doutrina codificada por Kardec, deixando claro que discutimos ideias e não pessoas. Para maior facilidade e fidelidade, transcreveremos os trechos em estudo em negrito, seguindo-se os comentários em letra co-mum. Como os trechos já estão em negrito, não os coloca-mos entre aspas, deixando-as para usar onde o Autor as usou.
— Então, – indaguei –, existem demônios? — Não, na acepção da palavra... Deus é único e, no final, a Luz há de prevalecer sempre. No entanto, devemos admitir que, do ponto de vista inte-lectual, em seu aspecto avesso, existem espíritos que se con-frontam com o Cristo quase em seu nível. — Quase em seu ní-vel? — Quase, Inácio... São espíritos tão altamente intelectualizados, que não temos cabeça para conceber-lhes a existência. — E onde vivem? Nas adjacências do Planeta?... — Estão em toda parte, mas o seu habitat preferencial é o interior do Orbe; enquanto o Senhor nos atrai para cima, eles nos atraem para bai-xo... (26 - 27)
Sabe-se que a evolução do Cristo está muitíssimo acima de qualquer outro Espírito que a Terra conheceu, logo, esses Espíritos voltados ao mal – que estão próximos à evolução in-telectual do Cristo – devem estar muitíssimo acima de todas as grandes inteligências que já se encarnaram no Planeta.
— É, mas ele, Chico, não acreditava que fosse a reencarnação do Codificador... (31)
Qual a utilidade de bater nessa tecla desgastada, da reencarnação de Kardec? Que contribuição isso traz para o esclarecimento e melhoria das pessoas?
— Em situações semelhantes, ele se viu muitas vezes, Odilon; as propostas que o próprio Clero lhe fez ou lhe mandava fazer, para que regressasse às suas origens, ou seja, ao seio da Santa Madre Igreja... — Inclusive, tentando-o com dinheiro... — Com muito dinheiro e prestígio, prometendo custear os seus es-tudos na faculdade em que desejasse se matricular, em Belo Horizonte e, ainda, lhe auxiliar a família. (35)
Em que essa afirmativa contribui para a edificação do leitor? Onde os documentos ou testemunhas que possam com-provar acusações tão graves? Por que essas acusações contra a Igreja? Que benefício esse relato traz ao Movimento Es-pírita?
— Aqueles sonetos perfeitos e de rara inspiração e beleza, “escritos” por um rapazinho que calçou o seu primeiro par de botinas com quase 15 de idade... — Doado por um padre! – para mim, é o único senão da história. Ora bolas, será que em Pedro Leopoldo não havia ninguém que pudesse doar um par de botinas a um menino pobre? Tinha que ser um padre!... (36)
O Dr. Inácio faz sempre questão de mostrar a sua aversão à Igreja e aos padres. Em que essa “gracinha” contribui para a difusão da nobre mensagem espírita? Qual a sua finali-dade? Encher páginas de livro?
As páginas mediúnicas em questão se inspiraram no espírito de Allan Kardec, mas não foram evidentemente, inspiradas por ele. — A mediunidade – comentei – tem tantas nuances!... — Mui-tas, Inácio, muitas nuances que carecem ser levadas em consideração no estudo do fenômeno. (38)
É um tanto complicada essa questão de se inspirar no Espírito de Kardec. Parece vontade de confundir as coisas. Se um Espírito se inspirou nos ensinamentos de Kardec e fez com que a mensagem fosse atribuída a ele, trata-se de mistificação. Se o médium se inspirou, e deu a público como se fos-se Kardec, foi animismo. Não se trata, portanto, de nuan-ce mediúnica.
— Exatamente. Os que correram os olhos mais detidamente sobre o livro “Paulo e Estevão”... — Uma obra prima da literatura espiritualista! — ... perceberão, na excelente narrativa de Emmanuel, que Jesus, redivivo, toca diversas vezes a cabeça do ex-doutor do Sinédrio, que, num átimo, se converte... — A súbita conversão de Paulo sempre intrigou! Ele não poderia se tornar um outro homem, apenas pela visão ao Cristo Ressurecto... (39)
A referência não confere com o que está no famoso livro de Emmanuel, que registra o seguinte: “o Mestre tocou-lhe os ombros com infinita ternura, dizendo, com inflexão paternal: — Não recalcitres contra os aguilhões!...” Seria até irrelevante o fato de haver equívoco na referência ao local do toque de Jesus, não fosse o aspecto milagroso atribuído ao acontecimento: Jesus, redivivo, toca diversas vezes a cabeça do ex-doutor do Sinédrio, que, num átimo, se converte. Diante do relato, poder-se-ia concluir que a conversão de Saulo não se deu por decisão própria, mas porque fora ‘tocado pela graça’, o que contraria frontalmente os ensinamentos espíritas. Não se nega o efeito benfazejo da presença do Mestre, mas a decisão coube a Saulo, mesmo porque, seria de se perguntar por que Jesus não convertera os soldados que o crucificaram.
— Sem a intervenção direta do Cristo, um espírito não logra cumprir a missão que Chico Xavier cumpriu sobre a Terra. – Ah! – exclamei, com sinceridade –, como anelaria que Jesus me to-casse a cabeça com suas Divinas Mãos... (40)
(CONTINUA NO PRÓXIMO NÚMERO)























Lampadário Espírita - Janeiro - 2011 - Análise: José Passini
 
Clique aqui!

postado:
23/02/2013 14:21:23
 
fOyFGmuoaEwBcZX
postado:
04/04/2013 05:36:59
Oi, alguem sabe me dizer se deu certo? se vcs coruegsinam entregar o livro p/ eles?Vi na TV, na Ana Maria Braga adoreiiiiiii ! sf3 de saber q minha msg tava ali, fiquei emocionadaaaaBje3o, por favor me respondam !
 

postado:
18/05/2013 06:17:11
 

postado:
17/06/2013 16:09:24
 

postado:
18/07/2013 15:44:53
 
  • “LEGIÃO – Um olhar sobre o Reino das Sombras” - II
  • ESTUDANDO E DESAPRENDENDO
  • “FUNDAÇÃO EMMANUEL” – V (final)
  • “FUNDAÇÃO EMMANUEL” - IV
  • “FUNDAÇÃO EMMANUEL” - III
  • ATO HERÓICO
  • “FUNDAÇÃO EMMANUEL” - II
  • DENÚNCIA DO PENSADOR
  • DO OUTRO LADO DO ESPELHO - II
  • PODE SER LEGAL, MAS NÃO É ÉTICO
  • DO OUTRO LADO DO ESPELHO - I
  • NOSSO LAR
  • LITERATURA MEDIÚNICA
  • NO CORAÇÃO DE DEUS
  • A SAGA DA FRAUDE PSICOGRÁFICA
  • A FEB E A VERTICALIZAÇÃO DO ENSINO ESPÍRITA
  • 1º HUMANIZAR DE RECIFE
  • A CASA ESPÍRITA - FEITOS E FATOS
  • O ADEPTO INCOMODADO – DO VALE DO AMANHECER
  • A CASA ESPÍRITA - FEITOS E FATOS
  • TODA OBRA MEDIÚNICA É DE CARÁTER ESPÍRITA?
  • O FRANCO PALADINO ELOGIA O LAMPADÁRIO
  • O fenômeno mediúnico
  • Comentando
  • O que está acontecendo?
  • A Tarefa dos Guias Espirituais
  • Objetivos da Mediunidade
  • Vivência Mediúnica
  • Palavras de Emmanuel
  • Obsessão
  • MÁXIMAS EXTRAÍDAS DOS ENSINOS DOS ESPÍRITOS
  • PALAVRAS DE KARDEC
  • O MESTRE E O APÓSTULO
  •  
    Centro de Estudos Espíritas Lén Denis
    Rua 06, Bloco:59, Apt.201 - Curado IV - Jaboatão dos Guararapes-Pe - CEP:54270-050 - Tel:(81) 3255-0149 - Cel:(81) 8882-0836, 9754-3912
    Lampadário Espírita - Todos os Direitos Reservados.